• Luiz da Cruz

Cascavel se antecipa e prepara pacote de retomada econômica

Cascavel tem se antecipado aos fatos para evitar maiores consequências e acelerar a saída da crise. Isso tem feito da cidade referência para outros municípios da região. O município foi pioneiro ao criar o Centro de Operações de Emergência (COE), a decretar estado de calamidade e se antecipou na prevenção, ao construir, em 48 horas, um hospital de campanha com 59 leitos, exclusivo para atender casos de Covid-19 (coronavírus) para 59 pacientes.


Agora, a cidade se antecipa novamente para sair da crise desencadeada pelo avanço da pandemia. A Prefeitura prepara um pacote de retomada econômica que será lançado no dia 1º de maio, data em que é comemorado o Dia do Trabalhador. O pacote inclui leis, terceirizações, contratação de força de trabalho, licitações e autorização de obras, entre outras atividades. Cabe salientar que, por sugestão do prefeito Leonaldo Paranhos, ainda no mês passado foi criado o Comitê de Apoio e Defesa à Empresa e ao Emprego (Cadee), que tem como foco discussões para preservar a economia e empregos.


Paranhos explica que desde o início da pandemia, quando medidas restritivas foram determinadas pelo COE, como forma de achatar a curva da doença e evitar um colapso no sistema de saúde, o Município já passou a estudar fórmulas para reduzir ao máximo o impacto negativo na economia local e retomar o crescimento econômico. "As prefeituras serão as ferramentas de retomada", observa.


A assinatura do estudo para a retomada econômica acontece na manhã do dia 30 de abril, em evento que vai reunir a Acic, Amic, CDL e Sebrae. No mesmo dia, haverá a liberação de recursos para 30 startups que apresentem ações que fomentem a retomada econômica pós-crise.


Também serão autorizadas várias licitações e liberada ordens de serviços para a revitalização de vias públicas, entre elas as avenidas Gralha Azul, Itália e rua Rio da Paz.

Um dos projetos que também será autorizado no último dia de abril é a construção das alças de acesso à BR-277 pelo viaduto Olindo Periolo. A obra é em parceria com o governo do Estado.

Pós-crise

Um consultor especializado em pós-crise será contratado para traçar um panorama das principais atividades econômicas que foram afetadas pela crise causada pela pandemia. Com base nos estudos, o Município irá desenvolver mecanismos para que os segmentos se recuperem o mais rápido possível. "Precisamos saber quais os segmentos que foram mais atingidos", afirma o prefeito.

Banco da Mulher

Dentro do pacote de retomada econômica, acontece ainda a assinatura que efetiva o Banco da Mulher que receberá, também no dia 30, uma van que será um banco móvel para financiar projetos de empreendedoras locais.

Mais ações

No dia 1º de maio, o prefeito anuncia oficialmente uma frente social de trabalho que irá garantir, temporariamente, renda para pessoas desempregadas que irão promover limpezas em espaços públicos como parques e praças. Com critérios para seleção, o Município irá pagar um salário para pessoas que estiverem desempregadas e que irão compor a frente social. Elas não poderão, por exemplo, estar recebendo o benefício do seguro-desemprego.

Também no dia 1º de maio serão anunciadas as obras de revitalização das avenidas das Torres, Interlagos, Leonardo da Vinci e Papagaios, além da entrega de um britador que será usado na pavimentação das estradas rurais.

2,658 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 Secretaria de Comunicação Social de Cascavel