• Luiz da Cruz

Tecnologia: Mapeamento digital vai monitorar isolamento social

A Prefeitura de Cascavel passou a utilizar tecnologia de geolocalização para monitorar o índice de isolamento social na cidade. A nova ferramenta, de combate ao avanço da Covid-19 (coronavírus) foi apresentada na manhã de hoje pelo prefeito Leonaldo Paranhos e pelo gerente de dados da empresa In Loco, Luciano Melo, que fez a demonstração por meio de uma videoconferência. A In Loco disponibilizou gratuitamente aplicativo que recebeu o nome de "Vigia". O termo de doação foi assinado na manhã desta quinta-feira (23).


O sistema adotado em cascavel foi desenvolvido sem ferir a privacidade das pessoas. O acompanhamento das movimentações não consegue identificar diretamente os usuários dos smartphones mapeados. Cascavel é a primeira cidade do Paraná a utilizar esse tipo de monitoramento para medir o índice de isolamento social.


O prefeito Leonaldo Paranhos lembra que, culturalmente, o índice das pessoas que ficam em casa em Cascavel é de 13% a 15%, mas com as restrições impostas pelos decretos, o índice chegou a 70%, o que representa 230 mil pessoas em casa. "Nós estamos numa queda, mas claro, numa queda planejada, não podemos perder o controle. Se nós voltarmos para o patamar cultural, há uma preocupação porque aí o cascavelense estaria dizendo que a vida voltou ao normal", observa o prefeito.

Números

No dia 26 de fevereiro, data em que o primeiro caso de coronavírus foi registrado no Brasil, o que levou, no mesmo dia, Cascavel a se antecipar e criar o Centro de Operações de Emergência (COE) para enfrentar a pandemia, o índice de isolamento social era de 15%. Já na semana de 13 de março, quando o primeiro decreto relacionado ao coronavírus impôs restrições ao comércio, o índice de isolamento subiu para 25%. Na semana do dia 19 março, quando as medidas restritivas se tornaram mais rigorosas, o índice chegou a 70%. Isso aconteceu no dia 22 de março.


Em média, o isolamento social ficou na casa dos 54%. Com a primeira flexibilização o índice teve uma leve queda e registrou 44%. Ontem, quando entrou em vigor o novo decreto que ampliou a retomada das atividades, o índice caiu para 40%.


O presidente do Instituto de Planejamento de Cascavel (IPC), Tales Riedi Guilherme, explica que o monitoramento será feito diariamente e que o sistema ajudará a indicar os ajustes necessários para melhorar o combate ao coronavírus. "Esse monitoramento não vai ferir a privacidade do cidadão de Cascavel", observa.


O secretário de Saúde, Thiago Stefanello, afirmou que o sistema trará mais segurança na hora de adotar medidas de saúde. "Isso vai nos dar subsídios para sermos mais rígidos ou mais flexíveis conforme o avanço das semanas, conforme o avanço da patologia em si", diz.



27 visualizações1 comentário

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 Secretaria de Comunicação Social de Cascavel