• Luiz da Cruz

Secretaria de Saúde registra a maior queda na taxa de ocupação de leitos de UTI Covid-19

Nesta terça-feira (04), a Secretaria Municipal de Saúde apresentou mais um destaque referente ao Boletim Informativo Diário da Covid-19. De acordo o secretário da pasta, Thiago Daross Stefanello, a taxa de ocupação de leitos exclusivos para tratamento contra a doença é considerada a menor em 150 dias de pandemia.

No Boletim desta terça, a ocupação dos leitos de UTI nos Hospitais de Retaguarda, HUOP, São Lucas/FAG ficou em 58,6%. Já os leitos de enfermaria para os pacientes em recuperação contra o novo coronavírus ficou em 23,7%.

Para se ter ideia, a taxa de ocupação máxima (100%) em leitos de UTI Covid foi registrada no mês de maio. Naquele mês, o Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP) contava apenas com 10 Unidades de Terapia Intensiva

Nos meses de junho e julho, o HUOP recebeu a instalação de mais 20 leitos, o que também favoreceu o atendimento dos casos mais graves da Covid-19. Ainda no mês de maio, a Secretaria Municipal de Saúde colocou em funcionamento, sob administração do CONSAMU, o Hospital de Retaguarda Allan Brame Pinho, com 14 leitos de UTI e 28 de enfermaria para atendimento dos pacientes graves por causa da Covid-19, através da macro regulação.

“Estamos registrando a taxa de ocupação de leitos mais baixa de todos esses 150 dias de pandemia em todos os aspectos. Sejam leitos de enfermaria ou UTI em Cascavel, sejam leitos de UTI ou enfermaria Covid na Macro Oeste.”, destacou Thiago Daross Stefanello.

“Decisões são tomadas todos os dias para continuar o trabalho de salvar o maior número de vidas contra a Covid. Estamos no meio de uma guerra em que cada um precisa continuar fazendo a sua parte (uso de mascaras, distanciamento e isolamento social) seja no comércio ou em ambientes de uso coletivo”, completou.

271 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 Secretaria de Comunicação Social de Cascavel