• Luiz da Cruz

Secretaria apresenta nova organização dos serviços de Saúde

Nesta sexta-feira (10), o Secretário de Saúde de Cascavel, Thiago Daross Stefanello, apresentou uma nova organização de atendimento das unidades de saúde e outros serviços. Além disso, o secretário destacou os principais pontos relacionados aos indicadores quanto ao avanço da Covid-19 no município.

A partir de segunda-feira (13), a Unidade de Pronto Atendimento do bairro Brasília volta a atender em seu endereço original, situado na rua Europa. A nova UPA - Mirtes Maria Bresolin Talini - do bairro Brasília terá inicialmente 20 leitos adultos, 2 de isolamento e 3 leitos de suporte.

O valor investido na edificação é de R$ 2.602.996,15. Já o mobiliário, o município investiu de R$ 315.235,38. A UPA tem por objetivo o atendimento de urgências e emergências para pacientes acima de 14 anos.

UPA TANCREDO

O atendimento é para pacientes menores de 14 anos, com ambulatório de Ortopedia para os demais serviços. Além disso, a UPA Tancredo é referência de ambulâncias com pacientes graves.

UPA VENEZA

O atendimento também somente para Urgências e Emergências 24 horas, sendo o atendimento tanto para adulto quanto pediátrico.

HOSPITAL DE RETAGUARDA

A unidade hospitalar conta com um ambulatório destinado exclusivamente para o atendimento de sintomas respiratórios, inclusive sintomas relacionados à COVID-19. “Vale lembrar que esse ambulatório não realiza atendimento de consultas que não sejam para pacientes com problemas respiratórios”, alertou Thiago Stefanello.

O Hospital de Retaguarda tem hoje exclusivamente para tratamento contra a Covid-19: 14 leitos de UTI e 28 leitos de enfermaria. A unidade está sob a administração do Consórcio Intermunicipal do Oeste do Paraná (Consamu).

Atendimento nas unidades de saúde a partir de segunda (13

A partir de segunda-feira (13), as unidades de saúde que retomam os atendimentos de consultas agendadas e procedimentos são:

Parque Verde, Claudete, Santo Onofre, Palmeiras, Santos Dument, Santa Cruz, Cidade Verde, Sede Alvorada, Espigão Azul, Floresta, Los Angeles, Brasmadeira, Cataratas, Colméia, Interlagos, Lago Azul, Morumbi, Periolo, Ipanema, São João, São Francisco, Riviera, Parque São Paulo, Cascavel Velho, Faculdade, Guarujá, 14 de novembro, Maria Luiza, Juvinópolis, Navegantes, Rio do Salto, Santa Bárbara, São Salvador, Presidente e Pioneiros Catarinenses.

Já as unidades dos bairros Aclimação, Canadá, Pacaembu, São Cristóvão, Vila Tolentino/Neva o retorno das atividades acontecem somente no dia 15 de julho.

A unidade de saúde do bairro Tarumã continua em reformas, por isso os pacientes serão atendidos na USF Brasmadeira. Os pacientes do bairro Santa Felicidade serão atendidos na USF Faculdade.

ATENDIMENTO EM CLÍNICAS ESPECIALIZADAS

O Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste do Paraná (Cisop) retornou com atendimento no local e em clínicas particulares dos profissionais conveniados ao serviço.

O SIM-PR também fará o acolhimento de sintomáticos moradores de rua e dependentes químicos;

Também retomam o atendimento na segunda-feira (13) o Centro de Especialidades Odontológicas Municipal (CEO Municipal) , o Centro de Atendimento Especializado (CAE) e o Centro Especializado de Atenção à Saúde da Criança e Adolescente (CEACRI) - exceto fisioterapia respiratório e oftalmologia.

Também atenderão normalmente na próxima segunda-feira (13), o PAID/PAR, CEDIP, atendimento de solicitações das UBS/USF para o Laboratório Central de Cascavel.

Os serviços do CASM, CAPS AD, CAPS-i e CAPS 3 serão prioritariamente por telemedicina.

Call Center Covid-19 (3096-9090)

Atendimento de segunda à sexta-feira em novo horário: das 7 às 19 horas.

Quem deve ligar no 3096-9090?

- Pessoas com sintomas respiratórios leves – tosse, coriza, dor de garganta, dor moderada no corpo. Sem sinais de alerta – falta de ar,

cansaço exagerado, febre que não melhora.

- Crianças e Idosos, devem ficar atentos quanto a sonolência, irritabilidade e perca de apetite;

Quem deve ligar no 192

- Pacientes que apresentem sinais de urgência como dor no peito, desmaio, convulsão, falta de ar intensa, traumas e/ou acidentes;

Hospital de Campanha nei senter martins será desativado no domingo (12

A desativação do Hospital de Campanha / Centro de Triagem acontecerá no domingo (12) às 18 horas.

A justificativa, de acordo com a Secretaria de Saúde, é a abertura da UPA Brasíli, ampliação de leitos e enfermaria de UTI em hospitais públicos, diminuição de casos sintomáticos respiratórios agudos graves e otimização de recursos humanos e EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual).

Indicadores da Pandemia em Cascavel

De acordo com a apresentação feita pelo Secretário de Saúde, Cascavel apresentou uma taxa 86,70% de pessoas recuperadas da Covid-19 frente aos municípios das regiões Oeste (Toledo - 36%), Noroeste (Maringá - 67,40%), Norte (Londrina - 74,40%) e Leste (Curitiba - 55,60%).

Apesar da elevação no número de óbitos provocados pela Covid-19 (Hoje - 71) a taxa de letalidade continua entre as menores do Paraná: 1,7%. Enquanto em todo o Brasil, a taxa é de 4%, segundo o Ministério da Saúde.

Quanto à ocupação de leitos de UTI na macro região Oeste exclusivos para Covid-19, a 28ª semana compreendida entre 05 de julho e que encerra nesse sábado (11) chegamos a média de 62,75% de ocupação diária.

Isso mostra que os gestores públicos não mediram esforços para continuar oferecendo os serviços necessários para a recuperação dos pacientes, vítimas da Covid-19. Somente o Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP), antes da pandemia eram apenas 19 leitos de UTI, agora são 49, sendo 30 exclusivos para tratamento contra o novo coronavírus - um aumento de 157,8%.

Na macro região Oeste o crescimento do número de leitos exclusivos para Covid-19 cresceu 66,1%, durante os quatro meses da pandemia. A Secretaria de Saúde de Cascavel também traz um dado importante quanto aos casos positivos do novo coronavírus: a 27ª semana (28 de maio a 4 de julho) apresentou a menor porcentagem de pessoas infectadas: 32,90%.

“Isso revela dizer o seguinte: TOLEDO (De 01/07 até 09/07) teve 601 novos casos confirmados, ou seja, teve nesse período 433 novos casos para cada 100 mil habitantes; FOZ DO IGUAÇU (De 01/07 até 09/07) teve 619 novos casos confirmados, ou seja, teve nesse período 239 novos casos para cada 100 mil habitantes”, detalhou Thiago Stefanello

“Já em Cascavel (De 01/07 até 09/07) teve 769 novos casos confirmados, ou seja, teve nesse período 234 novos casos para cada 100 mil habitantes. Isso demonstra que ações enérgicas tomadas desde o início da pandemia vem fazendo a diferença no município”, acrescentou.

97 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 Secretaria de Comunicação Social de Cascavel