• Paula Mai

Professores começam a ser vacinados contra a Influenza na segunda-feira em Cascavel

Atendimento é entre 13h e 16h45, nas UBSs e UFSs, e não é necessário agendar


Cascavel inicia na próxima segunda-feira (31/5) a imunização de professores contra a Influenza, o vírus da gripe.

Tem direito todos os professores do ensino básico (creche, pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizantes e EJA) e superior, de caráter público e privado.

“Os professores devem apresentar declaração assinada pelo diretor da escola e ter em mãos documentos pessoais e a Carteira de Vacinação”, ressaltou o Gerente de Atenção Primária, Ali Haidar.

Importante observar que se deve respeitar o intervalo de 14 dias entre as vacinações da Influenza e anticovid.

O atendimento é entre 13h e 16h45, nas UBSs e UFSs, e não é necessário agendar. Por conta do aumento no número de casos da Covid, pela manhã as unidades vão fazer consultas exclusivas para pacientes com sintomas e a vacinação será no período da tarde.

Lembrando que das 42 unidades, três estão com o atendimento exclusivos para pacientes sintomáticos respiratórios e não estão vacinando.

Quem estiver com tosse, coriza e falta de ar o recomendado a reprogramação da vacina até a recuperação do quadro clínico.

A campanha continua também para as crianças de 6 meses a menores seis anos, gestantes, puérperas (mães que tiveram bebê há menos de 45 dias), profissionais de saúde e idosos acima de 60 anos que ainda não tomaram a vacinar.


Quem já pode de vacinar?

- Crianças de 6 meses a menores de 6 anos;

- Gestantes;

- Puérperas;

- Trabalhadores de saúde;

- Idosos a partir de 60 anos:

- Professores de escolas públicas e privadas


Onde se vacinar?

- Em uma das UBSs ou UFSs, perto da sua residência. Não é necessário agendar, no entanto a pessoa deve procurar a vacinação entre 13h às 16h45. (*Bairro Guarujá a unidade está fechada para obras, as UBSs do Floresta, Santa Cruz e Nova Cidade atendimento exclusivo aos pacientes coronavírus)


Próximos grupos (data a ser divulgada)

- Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;

- Pessoas com deficiência permanente;

- Forças de segurança e salvamento;

- Forças armadas;

- Caminhoneiros;

- Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso;

- Trabalhadores portuários;

- Funcionários do sistema prisional;

- Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;

- População privada de liberdade.




486 visualizações0 comentário