• Alexandra Oliveira

Prefeitura convoca donos de terrenos irregulares nos cemitérios de Cascavel

A cada cinco anos, quem tem sepultura em cemitérios públicos precisa procurar a Acesc e renovar o título de posse


O município de Cascavel está convocando as famílias que possuem terrenos nos cemitérios públicos para regularizarem a documentação de permissão para uso do espaço.


Devem comparecer na Acesc as pessoas que não atualizam os dados há mais de cinco anos.


O superintendente José Roberto Guilherme informa que a cada cinco anos, quem tem sepultura em cemitérios públicos precisa procurar a Acesc e renovar o título de posse, pois, em caso de abandono, os restos mortais são removidos.


“É comum algumas famílias ficarem décadas sem procurar o município para regularizar a situação. Os jazidos ficam sem manutenção, em estado de abandono”, explica Beto Guilherme.


O decreto do município prevê que, se os donos não comparecem para regularização, a área de sepultamento pode voltar à Acesc, os ossos são exumados, identificados e colocados com todo o respeito e cuidado em um ossário coletivo.


O prazo segue até o dia 31 de agosto para termos vencidos até 2017.


Para documentação vencida a partir de 2017, o prazo para regularização segue até dezembro deste ano.


Precisam procurar a Acesc os donos de lotes nos Cemitérios Central, São Luiz e Jardim da Saudade.


Documentos


Apresentar documentos pessoais e documentos do terreno.


Por causa da pandemia e do grande movimento, a orientação é para que compareça na Acesc somente uma pessoa da família. A Acesc está localizada na rua do Rosário, 218, no Centro.



179 visualizações0 comentário