• Crislaine Güetter

Fiscalização já atendeu 120 ocorrências no comércio

Em razão dos decretos 15.336 e 15.337, que determina o fechamento dos estabelecimentos comerciais, o setor de Alvarás da Secretaria de Finanças de Cascavel está atuando intensamente nas fiscalizações. Desde o início da operação na sexta-feira até segunda-feira, a equipe já atendeu mais de 120 ocorrências. Dessas, 70 estabelecimentos estavam em desacordo com o decreto e foram fechados.


Segundo o secretário de Finanças, Renato Segalla, uma das principais incidências tem sido em bares. As abordagens, conforme ele, não tiveram muita resistência dos munícipes, mas caso tenha, a Guarda Municipal é acionada. “Nós temos trabalhado de forma a esclarecer as condições do decreto. Todas essas intervenções que tivemos até agora foram atendidas prontamente pelos estabelecimentos que estavam em desacordo, mas, caso tenha resistência, a gente aplica as medidas cabíveis: o lacre e cassação do alvará”, pontua. Vale destacar que caso o comércio reabra, a fiscalização vai notificar, autuar, lacrar o estabelecimento e o alvará será cassado.


As fiscalizações inicialmente estavam mais focadas em orientação. Contudo, ao passo que os cidadãos estão ficando mais esclarecidos em relação às proibições, o trabalho passa a ser mais ostensivo. As equipes têm trabalhado em várias frentes: na região central, nos bairros, no interior e também em regime de plantão para fiscalizar estabelecimentos à noite. As denúncias podem ser feitas pelo telefone da Ouvidoria: 156.


0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 Secretaria de Comunicação Social de Cascavel