• Alexandra Oliveira

Festas ilegais são interrompidas pela fiscalização no fim de semana em Cascavel

Os alvos da operação durante o fim de semana foram denúncias em torno de festas clandestinas, reuniões particulares e aglomerações em via pública durante a madrugada de sábado e domingo. Foram 50 vistorias realizadas entre a madrugada de sexta até domingo.


No bairro Parque São Paulo uma denúncia levou as equipes de fiscalização até um clube onde ocorria uma festa com DJs e pista de dança. Pelo menos 150 jovens estavam no local.


No Country um restaurante com música ao vivo, pista de dança e diversas pessoas sem máscara. Os flagrantes foram encaminhados para a Vigilância Sanitária e Setor de Alvará que farão a autuação dos responsáveis. Por se tratarem de estabelecimentos comerciais, eles respondem a processo administrativo e podem ser interditados.


Em um loteamento mais afastado da região central da cidade, centenas de jovens se reuniram na rua, sem máscaras, para consumir bebidas alcoólicas e com som alto. Quando os servidores se aproximavam do loteamento os grupos se dispersaram.


A maior parte dos restaurantes e bares constituídos de maneira formal e dentro da lei tem cumprido com as regras do decreto.


“Fizemos um grande trabalho de orientação durante a pandemia, empresários estão conscientes sobre a necessidade de cuidados, e que ainda existem restrições. O comércio de modo geral está mais atento aos protocolos previstos no decreto municipal”, afirma o coordenador do Comitê de Crise para Supervisão e Monitoramento dos Impactos da Pandemia da Covid-19, Thiago Stefanello.


Desafio ainda é coibir encontros clandestinos com grande aglomerações e as festas caseiras que fogem às normas de combate à pandemia.


A população pode denunciar pelo 156 ou 190.


Boates, clubes de baile, casas noturnas e estabelecimentos do ramo seguem proibidos de acordo com o decreto 16.242/21. Eventos como casamentos e aniversários estão permitidos até às 22h. Bares e tabacarias podem funcionar até 1h. Em todos os casos a limitação de público em 50% deve ser respeitada e assim como pista de dança segue proibida.





494 visualizações0 comentário