• Crislaine Güetter

EPIs produzidos por presos são doados ao Município

O sistema prisional de Cascavel também tem atuado no combate ao coronavírus (Covid-19), provando que a ressocialização quando bem realizada impacta na sociedade. Nesta quinta-feira (08), por exemplo, o Município de Cascavel recebeu a doação de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) que foram produzidos por presos da PEC (Penitenciária Estadual de Cascavel) e da PIC (Penitenciária Industrial de Cascavel). Ao todo, foram entregues 800 máscaras e 500 jalecos descartáveis, ambos serão utilizados pelos profissionais de saúde de Cascavel.

O prefeito Leonaldo Paranhos recebeu a doação no gabinete e ressaltou a importância dessa rede de solidariedade nesse momento epidêmico. “A questão dos EPIs é realmente um dos grandes problemas que enfretamentos. Nesse tempo de crise é importante ter a colaboração de todos”, disse. A ação que beneficiou Cascavel é repetida em todo o estado, uma vez que cerca de 200 presos de 18 penitenciárias e cadeias públicas de todo o Paraná produziram, em pouco mais de um mês, mais de 248 mil itens de proteção individual contra o coronavírus, incluindo 236 mil máscaras, 7,5 mil jalecos e quase 4 mil outros produtos - como lençóis, fronhas, pijamas e face shields. “Quando a pandemia surgiu o Departamento Penitenciário precisou se modificar e se atualizar quanto às demandas do Município e do estado. Então, os presos que já saiam para trabalhar começaram a produzir equipamentos de proteção individual”, explica o coordenador Regional do Depen, Thiago Correia, que lembra que mais doações já foram realizadas no Município, como para Uopeccan, Ceonc e aos profissionais das forças de segurança, uma vez que a produção em Cascavel chega a quase 3 mil máscaras por dia.

A PIC tem um grande papel nesse cenário, visto que a penitenciária se tornou uma máquina de produção para atender às demandas por máscaras de proteção, detalha o diretor da unidade, Henrique Dondoni. “Estamos desenvolvendo uma fábrica de campanha. As máscaras estão sendo entregues à sociedade civil organizada, instituições de caridade e grupos vulneráveis. Os presos fazem desde o corte à costura; todo o processo da produção”, finaliza.





0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 Secretaria de Comunicação Social de Cascavel