• Luiz da Cruz

Covid-19:Diretor do Hospital Universitário faz apelo para que a população invista em cuidados

Nesta sexta-feira (5), na série de lives da Prefeitura de Cascavel sobre informações relacionadas ao combate à Covid-19, o diretor geral do Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP), Rafael Muniz de Oliveira, destacou as principais ações da unidade hospitalar frente ao novo coronavírus. O HUOP recebeu, nesta semana, do Governo do Estado, sete respiradores e sete monitores cardíacos, para a instalação de mais sete leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Estes, serão exclusivos para atendimento de possíveis vítimas da Covid-19. Em um esforço de adequação interna, o HUOP também irá disponibilizar outros três monitores e três respiradores, viabilizando assim 10 novos leitos de UTI.

De acordo com Rafael, o hospital já iniciou o chamamento público para contratação de médicos intensivistas, enfermeiros, fisioterapeutas, auxiliares e técnicos para trabalharem nos novos leitos. Com isso, o Hospital Universitário contará com 20 leitos de UTI exclusivos para pacientes confirmados de Covid-19.

“Temos um plano de contingência muito bem estruturado para atender aos pacientes. No entanto, é preciso que a população tenha responsabilidade quanto à preservar sua saúde neste momento de pandemia”, destaca Rafael.

O diretor geral da HUOP afirmou que os contratos com os novos profissionais devem ser finalizados até a metade da semana que vem. “Até a quarta-feira (10) queremos estar com mais 10 leitos de UTI exclusivo Covid-19 à disposição”, informou.

Vale lembrar que a regulação dos leitos, ou seja, a transferência dos pacientes para uma unidade hospitalar com UTI exclusiva Covid-19 é feita e administrada pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde (Consamu), com supervisão do Governo do Estado através da 10ª Regional de Saúde. Por isso, não necessariamente os pacientes confirmados com o novo coronavírus serão internados no HUOP e sim na vaga disponível estabelecido pelo Consamu, que tem à disposição hospitais de referência para Covid-19 na Região Oeste e Sudoeste.

75 dias

De acordo com a coordenação médica da Ala Covid-19 do HUOP, mais de 100 pacientes confirmados ou suspeitos da doença receberam tratamento no hospital. Todos foram encaminhados através da regulação, ou também através da triagem prevista no plano de contingência da unidade hospitalar. Hoje faz exatamente 75 dias que a ala recebeu o primeiro paciente com coronavírus.

“A perda de um paciente é algo muito triste não só para a família, mas também para nós profissionais que fomos vencidos pelo coronavírus. Por isso, precisamos reforçar nossos cuidados através da etiqueta respiratória, álcool em gel 70%”, alerta Rafael.

O diretor ressaltou a importância dos servidores do HUOP neste momento de pandemia. “A direção disponibilizou de um hotel para resguardar a vida dos familiares dos nossos servidores, por isso o nosso compromisso de proteger pacientes e todos os profissionais da linha de frente”, finalizou.

Pacientes com suspeita de sintomas da Covid-19 ou Dengue podem receber atendimento pela internet

A Secretaria de Saúde de Cascavel reforça que a população pode receber atendimento sobre Covid-19 e Dengue através do Chat Online, que está na página na internet: www.fatooufakecascavel.com.br

O atendimento pelo chat é o mesmo prestado pelo atendente do Call Center (3096-9090). Assim, o usuário não precisará ficar aguardando a chamada telefônica.

92 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 Secretaria de Comunicação Social de Cascavel