• Luiz da Cruz

Covid-19: Comércio começa a abrir gradativamente em Cascavel

O Centro de Operações Emergenciais (COE) flexibilizou o decreto anterior que determinou, para enfrentar a pandemia de coronavírus (Covid-19), o fechamento do comércio em Cascavel. A partir da próxima terça-feira (7), as lojas começam abrir gradativamente. Estão autorizadas a abrirem apenas as lojas que possuem até nove funcionários, desde que respeitem as regras de segurança para colaboradores e clientes.


Na segunda-feira (6), as lojas devem se organizar e higienizar os espaços para reabrir no dia seguinte. As novas medidas que entram em vigor foram apresentadas na tarde desta sexta-feira (3) pelo prefeito Leonaldo Paranhos e os secretários Thiago Stefanello (Saúde), Renato Segalla (Finanças) e Luciano Braga Côrtes (Procuradoria-Geral).





O Decreto 15.361, que será publicado na edição deste sábado (4),  muda, inclusive, o horário do toque de recolher, que a partir de agora será das 21h às 6h. A partir de terça-feira o Exército também estará nas ruas auxiliando na fiscalização das medidas.


"Assumimos um compromisso de ceder e avançar um pouco na retomada, mas tudo isso condicionado a não contaminar aquilo que fizemos até agora. Nós criamos a estrutura, mudamos o sistema de atendimento, fizemos investimentos e tudo isso não pode , a partir desse momento, ser colocado em risco. Então, qualquer medida anunciada aqui hoje pode, a qualquer momento ,ser retroagidas  porque, evidentemente, que não vamos colocar em risco tudo o que fizemos, mas principalmente a saúde da população", afirmou o prefeito.


O secretário de Saúde, Thiago Stefanello, lembrou que Cascavel se antecipou ao problema ao criar o COE, ainda em fevereiro, e uma série de ações posteriormente para enfrentar a pandemia. Entre essas ações estão o Hospital de Campanha, com 59 leitos, e 10 leitos de UTI no Hospital de Retaguarda, além das parcerias com o Estado que resultou em 10 leitos de UTI no Hospital Universitário do Oeste do Paraná.  "Isso tudo nos traz um pouco mais de segurança, mas não podemos relaxar, não podemos em nenhum momento abrir de forma deliberada as ações, já que os casos continuam a crescer", afirma Stefanello.


Nesta sexta-feira (27), a Secretaria de Saúde confirmou mais nove casos de coronavírus em cascavel. Com isso, já são 25 pessoas infectadas na cidade. No início da semana, um homem de 66 anos morreu em decorrência de complicações da Covid-19.


Reuniões e festas continuam proibidas na cidade, assim como as atividades religiosas - cultos, missas. As igrejas poderão receber fiéis apenas para aconselhamentos individuais. Academias, clubes de pesca, clubes recreativos e associações também estão com atividades temporariamente suspensas.


Transporte coletivo

O transporte coletivo continuará funcionando da forma em que está, com frota reduzida e rodando apenas em horários de pico para o transporte de trabalhadores do setor de saúde e dos serviços essenciais. Os passageiros precisam apresentar o crachá da empresa ou holerite e as concessionárias do transporte terão que higienizar os ônibus nas garagens e nos terminais.


Cartilha

A Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Cascavel elaborou uma cartilha com informações didáticas sobre o decreto (clique aqui e acesse). O material também foi distribuído à imprensa e está a disposição no portal do Município para que a população possa baixar o documento e no portal Fato ou Fake.




10,878 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 Secretaria de Comunicação Social de Cascavel