• Paula Mai

Como a vacina que você toma protege também quem está ao seu redor



Para ser eficiente e trazer a imunidade de rebanho a longo prazo, a vacinação precisa ser pensada de forma coletiva. Quanto mais pessoas se vacinarem, menos casos moderados e graves da doença nós teremos. Assim, será mais fácil tratar pacientes que ainda não foram imunizados e desafogar o sistema de saúde. A pandemia só acabará depois da vacinação em massa.

Além disso, com mais indivíduos vacinados, a população que não pode tomar a vacina ainda - como gestantes, lactantes e menores de 18 anos - fica mais protegida, pois a circulação do vírus diminui. Essas populações ainda não estão previstas no Plano Nacional de Imunização (PNI) porque não participaram dos estudos clínicos realizados até o momento.

Também é importante lembrar que a vacina protege contra a doença, não contra a infecção. Por isso, mesmo depois que formos vacinados, as medidas preventivas ainda serão importantes por um tempo, para parar a circulação do vírus e para que as pessoas vacinadas não transmitam a doença aos demais indivíduos.


Fonte: Instituto Butantan


Você pode saber mais sobre os cuidados necessários após a vacinação aqui.

47 visualizações0 comentário