• Crislaine Güetter

Comida Boa: Seguindo agendamento, cascavelenses começam a receber o cartão

Começou hoje (19) e segue até o próximo dia 29 de maio, de segunda a sexta-feira, a distribuição dos cartões do programa Comida Boa, do governo estadual, em Cascavel. Ao todo, 22,3 mil famílias em situação de vulnerabilidade social receberão o voucher no valor de R$ 50, que possibilita a compra exclusiva de produtos da cesta básica em mercados credenciados.

A Seaso (Secretaria de Assistência Social) preparou toda uma estratégia para que isso não acontecesse, a principal delas é a adoção do agendamento. O processo é simples. O cascavelense poderá consultar via CPF (Cadastro de Pessoa Física) se é um dos beneficiários do cartão por meio do site https://seaso.fundetec.org.br/ ou pelo próprio portal do Município (cascavel.atend.net), na aba Cartão Comida boa. Caso for, o próprio site já apontará o local, dia e o horário que o cidadão deverá ir para receber o cartão. A Seaso também reforça que só uma pessoa da família vá até o ponto de entrega, este deve levar cartão de identificação com foto e o CPF.

Dessa forma, os atendimentos nos 13 pontos de entregas do Município seguem rigorosamente esse agendamento, além de ter linhas para demarcar o distanciamento e álcool em gel disponível. “Está muito bem organizado para receber o cartão. Para quem precisa, já dá uma ajuda. Eu que tenho filho pequeno, já penso em comprar as caixas de leite dele”, comenta Aline dos Anjos, que está desempregada e é mãe do Isaac de três anos. Ela recebeu o Cartão no CEU (Centro de Artes e Esportes), do Bairro Santa Cruz. Os Cras, Creas, Centros de Convivência e a Inclusão Produtiva também são outros pontos. A iniciativa visa prestar assistência a quem mais necessita de ajuda nesse momento delicado de pandemia do novo coronavírus (Covid-19), como a dona Ana Maria Rodrigues, que é uma das mais de 22 mil pessoas que têm direito ao cartão em Cascavel. “Sou cadeirante então dependo muito de toda ajuda possível. Esse cartão vai ajudar nesse momento. Já tem destino certo: vou comprar o básico: arroz e feijão. O momento é difícil para todos”, conta ela que mora com o neto. Os beneficiados foram selecionados com base nos dados do CadÚnico (Cadastro Único); são famílias com renda per capita de meio salário mínimo.

CALL CENTER Por conta dessa ação, A Secretaria de Assistência Social conta agora com um Call Center do Comida Boa específico para atender cidadãos que têm dúvidas sobre o agendamento. A central também responderá dúvidas sobre o tema. O telefone para o contato é o (45) 3392-6357, que funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, e das 13h às 17h.

ECONOMIA

O programa de auxílio emergencial seguirá por mais dois meses. No entanto, os cidadãos não precisarão ir aos pontos novamente, uma vez que a recarga será automática. “Os beneficiários têm direito a outras duas recargas, que vai somar ao fim dos três meses da ação o valor de R$ 150. Além de beneficiar as famílias, a iniciativa também terá um retorno econômico, visto que vai injetar cerca de R$ 3 milhões na economia do Município. A entrega está correndo de forma tranquila, sem aglomerações. Mas insistimos que os beneficiários sigam rigorosamente o agendamento, que deve ser consultado pela internet ou pelo Call Center”, pontua o agente administrativo, Hudson Moreschi Júnior. Os recursos são do Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza.

Confira abaixo a lista dos mercados que aceitarão o cartão Comida Boa.










1,120 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 Secretaria de Comunicação Social de Cascavel