• Crislaine Güetter

Câmara de Cascavel adota esquema especial de funcionamento para prevenir novo coronavírus

O presidente da Câmara de Cascavel, Alécio Espínola (PSC), anunciou nesta quarta-feira (18) uma série de medidas para prevenir o coronavírus. Através do Ato da Presidência nº 21/2020, fica estabelecido que pelo prazo de quinze dias o expediente será reduzido para quatro horas, das 8h às 12h, com servidores trabalhando em regime de escala e sobreaviso. As sessões de segunda e terça-feira permanecem inalteradas.


Diretores, procurador, gerentes e vereadores deverão decidir quantos servidores presenciais serão necessários para atender as demandas de trabalho de cada gabinete e departamento, procurando manter o mínimo de pessoas possível e dando atenção especial aos servidores idosos ou com problemas crônicos de saúde.


“As atividades continuam normalmente, porque grande parte do trabalho hoje já é feito de forma digital e a comunicação feita por e-mail ou celular”, explica Alécio, que também ressalta que a população pode acessar todos os projetos, sessões ao vivo e notícias pelo site da Câmara e pelas redes sociais. Os servidores ficarão em trabalho remoto e em regime de sobreaviso, podendo ser convocados a qualquer tempo e devem se resguardar em suas residências.

Também os serviços de limpeza e manutenção serão feitos em regime de escala e todos os servidores devem se comprometer com a limpeza e assepsia de seus objetos de trabalho. Os serviços dos Guardas Patrimoniais e Agentes de Segurança se mantém inalterados e estes farão o controle da entrada de pessoas no prédio, que devem ser todas identificadas.

O presidente destacou em coletiva com a imprensa que é papel dos gestores públicos dar exemplo e agir com responsabilidade. “Este é um momento em que devemos pensar no interesse da coletividade. Queremos evitar que servidores e vereadores sejam contaminados e venham a contaminar outras pessoas mais vulneráveis, sobrecarregando assim o sistema de saúde público”, destacou. Sobre este assunto, Alécio Espínola também afirmou que está buscando o meio legal que permita que o Legislativo ceda seus veículos para a Secretaria de Saúde, de forma a ajudar a atender toda a população.


Na semana passada a Câmara já havia anunciado a suspensão de realização de sessões solenes, audiências públicas, visitas guiadas e demais eventos não diretamente relacionados às atividades legislativas do Plenário e das Comissões e ainda outras medidas para evitar aglomerações.


Os vereadores devem aderir todos à proposta da presidência e já solicitam que a população entre em contato pelo celular ou pelas redes sociais com eles e suas assessorias. Os legisladores também estarão atentos para deliberar projetos emergenciais da prefeitura e na fiscalização dos serviços públicos. Assessoria de Imprensa/CMC


0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 Secretaria de Comunicação Social de Cascavel