• Paula Mai

Agendamento para vacinação de crianças contra a covid-19 começa nesta terça (18)

A prioridade será para crianças com deficiência permanente ou com comorbidades

Começa nesta terça (18) e quarta-feira (19) o agendamento para vacinação contra a covid-19 de crianças com idades de 05 a 11 anos. O agendamento sé dará em todas as unidades de saúde, exceto as dos bairros Floresta, Santa cruz e Nova Cidade.


A prioridade será para crianças com deficiência permanente ou com comorbidades (art. 13, parágrafo quinto da Lei nº 14.124, de 10 de março de 2021); crianças que vivam em lar com pessoas com alto risco para evolução grave de COVID-19;

“Os pais ou responsáveis devem procurar uma unidade de saúde para realizar o agendamento da vacinação. No início vamos vacinar as crianças com comorbidades ou deficiência permanentes. Existe uma lista com essas doenças, e está disponível no site fatooufakecascavel.com.br/vacinação. E o agendamento será realizado mediante a apresentação da carteira de vacinação desta criança porque o Ministério da Saúde recomenda o intervalo de 15 dias entre a vacina da covid e as demais vacinas do calendário de rotina ou vacina influenza. Por isso, é importante que os pais procurem a unidade de saúde nesta terça e quarta-feira, para realizar o agendamento dessa vacinação e posteriormente na data agendada, as crianças serão vacinadas”, explicou o secretário de saúde de Cascavel, Miroslau Bailak.


O agendamento deve ser feito presencialmente, justamente para que os servidores possam verificar a carteirinha de vacinação das crianças e também para tirar dúvidas dos pais em relação a vacinação. A Sesau orienta que preferencialmente, seja feito o agendamento na unidade de saúde de referência onde a criança já é acompanhada para atendimento de saúde.


Nesse período de vacinação das crianças, não haverá vacinação de adultos contra covid -19, isso entre a primeira , segunda ou dose de reforço. “ Vamos adotar esta medida, porque as crianças são um público diferenciado e elas precisam permanecer por recomendação do Ministério da Saúde, 20 minutos na unidade de saúde após a vacinação. Então, vamos evitar a aglomeração. Nesta semana será realizada a vacinação de crianças contra a covid-19 em todas as unidades de saúde do Município, exceto as três unidades de referência para covid, que são as do Floresta, Santa Cruz e Nova Cidade. Nestas unidades não haverá vacinação de crianças e nem de adultos”, explicou Ana Carolina Rossin Alves, coordenadora do programa Municipal de Imunização.


Agendamento presencial:

Nas datas informadas

limitado a 30 vagas por período em cada UBS/USF, totalizando 60 vagas dia por unidade.


Documentação obrigatória:

- Carteira de vacinação da criança;

- Cartão nacional de saúde (cartão sus) ou CPF

- Termo de consentimento para vacinação devidamente preenchido, disponível no link: bit.ly/declaracao_covid_baixe_aqui


“É imprescindível o acompanhamento por um adulto responsável. É importante que os pais também se atentem para a cor do frasco da vacina infantil, que é a cor laranja. A cor roxa, é para vacinação em adultos", esclareceu o Secretário de Saúde.



COMORBIDADES:

Diabetes mellitus - Qualquer indivíduo com diabetes

Pneumopatias crônicas graves - Indivíduos com pneumopatias graves incluindo doença pulmonar obstrutiva crônica, fibrose cística, fibroses pulmonares, pneumoconioses, displasia broncopulmonar e asma grave (uso recorrente de corticoides sistêmicos, internação prévia por crise asmática).

Hipertensão Arterial Resistente - Quando a pressão arterial (PA) permanece acima das metas recomendadas com o uso de três ou mais anti-hipertensivos de diferentes classes, em doses máximas preconizadas e toleradas, administradas com frequência, dosagem apropriada e comprovada adesão ou PA controlada em uso de quatro ou mais fármacos anti-hipertensivos.

Hipertensão arterial estagio 3 PA sistólica ≥180mmHg e/ou diastólica ≥110mmHg independente da presença de lesão em órgão-alvo (LOA) ou comorbidade.

Hipertensão arterial estágio 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade PA sistólica entre 140 e 179mmHg e/ou diastólica entre 90 e 109mmHg na presença de lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade.


Doenças cardiovasculares - Insuficiência cardíaca (IC) IC com fração de ejeção reduzida, intermediária ou preservada; em estágios B, C ou D, independente de classe funcional da New York Heart Association.

- Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar: Cor-pulmonale crônico, hipertensão pulmonar primária ou secundária.

- Cardiopatia hipertensiva (hipertrofia ventricular esquerda ou dilatação, sobrecarga atrial e ventricular, disfunção diastólica e/ou sistólica, lesões em outros órgãos-alvo). Síndromes coronarianas Síndromes coronarianas crônicas (Angina Pectoris estável, cardiopatia isquêmica, pós Infarto Agudo do Miocárdio, outras).

- Valvopatias: Lesões valvares com repercussão hemodinâmica ou sintomática ou com comprometimento miocárdico (estenose ou insuficiência aórtica; estenose ou insuficiência mitral; estenose ou insuficiência pulmonar; estenose ou insuficiência tricúspide, e outras).

- Miocardiopatias e Pericardiopatias Miocardiopatias de quaisquer etiologias ou fenótipos; pericardite crônica; cardiopatia reumática. Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas Aneurismas, dissecções, hematomas da aorta e demais grandes vasos.

- Arritmias cardíacas com importância clínica e/ou cardiopatia associada (fibrilação e flutter atriais; e outras).

Cardiopatias congênita no adulto: Cardiopatias congênitas com repercussão hemodinâmica, crises hipoxêmicas; insuficiência cardíaca; arritmias; comprometimento 28 miocárdico.


Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados: Portadores de próteses valvares biológicas ou mecânicas; e dispositivos cardíacos implantados (marca-passos, cardio desfibriladores, ressincronizadores, assistência circulatória de média e longa permanência).



Doença cerebrovascular - Doença cerebrovascular (acidente vascular cerebral isquêmico ou hemorrágico; ataque isquêmico transitório; demência vascular); doenças neurológicas crônicas que impactem na função respiratória, indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla, e condições similares; doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular; deficiência neurológica grave.

Doença renal crônica - Doença renal crônica estágio 3 ou mais (taxa de filtração glomerular < 60 ml/min/1,73 m2) e/ou síndrome nefrótica.


Imunossuprimidos - Indivíduos transplantados de órgão sólido ou de medula óssea; pessoas vivendo com HIV e CD4 10 mg/dia ou recebendo pulsoterapia com corticoide e/ou ciclofosfamida; demais indivíduos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias; pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos 6 meses; neoplasias hematológicas.


Anemia falciforme - Anemia falciforme


Obesidade mórbida - Índice de massa corpórea (IMC) ≥ 40


Síndrome de down - Trissomia do cromossomo 21


Cirrose hepática - Cirrose hepática Child-Pugh A, B ou C.


Talassemia Major. Clique aqui e acesse o PLANO MUNICIPAL DE IMUNIZAÇÃO

Cronograma de vacinação população acima de 12 anos, descrição do grupo- D1, D2 e D3:

População acima de 12 anos:

17/01

18/01

19/01

Locais:

UBS/USF Exceto: Floresta, Santa Cruz e Nova Cidade


Horário:

08h às 16h


Orientações importantes:


2ª dose Pfizer:

- Para vacinados com a 1ª dose com intervalo de mínimo de 21 dias;


3ª dose/reforço:

- Para vacinados com a 2ª dose com intervalo mínimo de 4 meses;


Repescagem Coronavac:

-Ubs Cancelli


Repescagem AstraZêneca:

- UBS São Cristóvão


2ª dose Janssen: - UBS Aclimação

ENDEREÇO UNIDADES DE SAÚDE - CLIQUE AQUI



488 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo