• Alexandra Oliveira

Ações contra a dengue são reforçadas no interior de Cascavel

No sábado (21) equipes vão vistoriar mais de mil imóveis em Juvinópolis e Rio do Salto.


O Controle de Endemias preparou uma ação com visitas domiciliares na área rural de Cascavel para identificação de criadouros do Aedes Aegypti, mosquito transmissor de uma série de doenças, entre elas dengue, chikungunya e zika, neste sábado (21).


A divisão de Vigilância em Saúde Ambiental programou 50 agentes para rastrear os dois distritos. São 1.086 vistorias, sendo 567 imóveis em Juvinópolis e 519 imóveis em Rio do Salto. Os servidores farão trabalhos educativos e identificação de possíveis focos de criadouros.


Clair Wagner, gerente da Divisão de Vigilância em Saúde Ambiental informou que a ação é preventiva, para demonstrar aos moradores sobre a importância de não descuidar com os pequenos reservatórios, como vasos de plantas, calhas, garrafas, lixo jogado.


“Mesmo em períodos mais frios, os cuidados devem ser mantidos com vistoria semanal, não deixar nada que possa acumular água e virar um criadouro do mosquito Aedes aegypti”.


Durante a pandemia, os agentes de saúde continuaram fazendo visita respeitando todos os protocolos de segurança.


93 visualizações0 comentário