• Paula Mai

"É hora da nossa cidade demonstrar maturidade", diz Paranhos

Município não editará decreto nesta semana e vai avaliar o comportamento da sociedade para adotar ou não, novas medidas restritivas


O prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, cobrou maturidade da população no momento em que os números da Covid-19 voltam a preocupar. Cascavel não editará, nesta semana, decreto de enfrentamento à pandemia, mas avaliará o comportamento da sociedade nos próximos dias para, só então, decidir se adota ou não medidas mais restritivas.

Paranhos lembrou que com mais de um ano de pandemia todos sabem das medidas que precisam ser adotadas para evitar a proliferação do vírus. Ele ressalta que é incoerente punir um setor, ou cadeia produtiva inteira, por conta da irresponsabilidade de poucos. Por isso, Cascavel decidiu avaliar o comportamento da população e só tomar uma decisão na próxima segunda-feira (24).

“Chega de ficar pedindo, implorando, determinando, tem que aflorar nesse momento a responsabilidade. Eu tenho defendido que é possível fazer quase tudo, desde que tudo seja feito com responsabilidade. Vamos fazer um teste com nós mesmo, da nossa maturidade, da nossa responsabilidade, do nosso comprometimento da nossa sociedade”, destaca o prefeito.

O Comite de Crise para Supervisão e Monitoramento dos Impactos da Pandemia da Covid-19 se reuniu na tarde desta terça-feira (18) para tomar algumas decisões. Uma delas é a fiscalização orientativa que começa nesta quarta-feira (19) e prossegue até domingo (23). Na segunda-feira, o comitê voltará a se reunir para avaliar o comportamento da população. Na prática, isso significa que está nas mãos da população a adoção de medidas mais drásticas.Tudo vai depender do comportamento de todos até o próximo domingo.



363 visualizações0 comentário